03/06/2018

Protesto dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró é destaque no “Pingo da Mei Dia”


Diferente das mentiras pregadas em redes sociais, os servidores públicos municipais de Mossoró realizaram um protesto de forma pacífica e ordeira durante o “Pingo da Mei Dia”, evento que abre os festejos juninos da cidade.

Durante toda semana boatos eram espalhados em redes sócias dizendo que os servidores iriam promover baderna no evento, em um texto divulgado em grupos de Whatsapp dizia que a presidente do Sindicato levaria militantes do movimento dos Sem-Terra - MST para “Bagunçar” o evento.

Porém o que se pôde observar foi que os servidores não precisaram fazer baderna, usaram a inteligência e ganharam a avenida com o protesto "Tô no Pingo da Mei dia sem um pingo de aumento", foi um Show de irreverência, diversão e crítica a gestão Rosalba Ciarline pela desvalorização do servidor público. 

Em pleno corredor cultural por onde passam os trios-elétricos e os populares do evento “Pingo da Mei dia”, desfilava a “Rosa de Hiroshima", ladeada por faixas e cartazes criticando a gestão da prefeita Rosalba Ciarline. A boneca gigante arrancava aplausos e risos da platéia ao mesmo tempo em que causava mal-estar em camarotes governistas.

Sem reajuste há dois anos e sem nenhuma definição por parte da Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) os servidores deliberaram em assembléia realizada na ultima terça-feira (29) que além da realização do protesto durante o “Pingo da Mei Dia”, haverá greve, inicialmente de 72 horas, a ser iniciada na segunda-feira (dia 04 de junho).

As atividades de greve transcorrerão na segunda (04) na UPA do Alto São Manoel; na terça-feira (dia 05), na UPA do Belo Horizonte e na quarta-feira (dia 06) na UPA do Santo Antônio, sempre às 8 horas.

Em uma nova assembléia, marcada para o dia 11 os servidores farão uma avaliação do movimento e a possibilidade da realização de uma greve por tempo indeterminado.

O mês de maio marca a data-base para o reajuste dos servidores. Mais uma vez, pelo segundo ano consecutivo, nenhuma resposta positiva foi encaminhada ao Sindiserpum, que tem buscado constantes vias de diálogo com a comissão de negociação da PMM, sem sucesso. 

Confira mais fotos:







0 comentários:

Postar um comentário

Curta nossa página

Leitores agora

Total de visitas

Mais lidas da semana